Camisinha de chocolate

Eu não tinha mais de 6 anos, e - mesmo sendo fanático pelo Corinthians, - jogava futebol no time do Palmeiras. Num sábado depois do treino, meu pai como de costume passou no mercado na volta pra casa. O horário das 10, 11hrs nos mercados aos fins de semana, costuma ser um tanto quanto agitado. As mulheres mandam seus maridos comprarem o almoço, algumas deixam o desgraçado em casa e vão sozinhas; amigos se reúnem para comprar carvão, carne, gelo, cerveja para o churrasco que vai rolar mais tarde...
Não sei o que meu pai comprou naquele dia, mas na fila, aconteceu algo que no momento eu não entendi, mas aparentemente foi motivo de riso para a moça do caixa; o cara que coloca as compras na sacola, os casais na fila, as senhoras, os senhores, os amigos do churrasco e claro, meu pai com sua gargalhada fodástica!


É incrível como a inocência de uma criança, é realmente engraçada, quero dizer, hoje eu também teria gargalhado com isso.

Na fila, meu pai passava as compras para a moça do caixa, e eu vi na altura dos meus olhos aquelas prateleiras com chocolates, revistas e outras cositas más... "Snickers", "Lacta" "Jontex"...
"Opa, espera... Isso aqui é diferente..." - Percebi

- PAI, ISSO AQUI É CHOCOLATE? - Disse apontando para o pacote dourado de Jontex

Eu não entendi porque, mas as pessoas riram por uns 10 minutos. E pra fechar, meu pai me respondeu de forma genial, o que fez com que o riso se estendesse por mais alguns minutos:

- É, um dia você vai usar muito esse chocolate - Todos riram e eu, no auge dos meus 6 anos, não entendi nada, mas ganhei um chiclete da moça do caixa, por ter lhe dado um bom motivo para rir!

Comentários

Postagens mais visitadas