Ela é folgada!



Meu braço esta formigando, eu estou com sede.
Tento dormir de novo, não consigo.
Seu cabelo está no meu rosto, tento tira-lo da minha boca e nariz.
Ela dorme quieta sobre o meu ombro.
É a visão mais incrível que já tive.
O Cobertor está no chão.
Ela está nua e sua perna está sobre a minha.
Alguns pensamentos me tiram o foco. Meu braço dói. Estou com aquela sensação horrível de formigamento no braço.
Eu poderia tentar puxar o braço, Ou acorda-la, mas seria terrível.
Também estou com sede, mas, não posso sair. Não com ela aqui.
Meu braço está dormente e eu realmente quero que ele volte ao normal. Começo a pensar na possibilidade de amputação. Percebo que é um pensamento bobo, e tento pensar em alguma outra coisa.
Normalmente gosto de refletir durante as madrugadas.
Seu rosto é enigmático. Ela é dona de uma beleza simples.
Me pergunto se aquele sorriso de canto de boca que vejo, é resultado da noite que tivemos juntos ou se é resultado de algum sonho que ela teve.
O quarto está em um silêncio pleno, tenho certeza que ela logo acordará com o som das batidas do meu coração. Eu as ouço, o som parece ecoar no quarto...
É um som apaixonante, confesso.
Penso se alguma outra garota poderia me fazer tão bem quanto ela.
Imagino todas as mulheres interessantes, inteligentes, bonitas que existem no mundo.
Mas a resposta continua sendo não.
Eu não quero que ela saia. Meu braço continua dormente, mas não quero que ela saia.
Sua pele está sobre a minha, eu vejo cada centímetro do seu corpo.
Eu a abraço contra mim, ela abre os olhos muito rapidamente, se aconchega ao meu peito e sorri.
Eu a beijo e fecho os olhos.


E meu braço continua formigando...

Comentários

Postagens mais visitadas